Escolha uma Página

Eu vou explicar uma coisa por aqui agora que quem entender pode ter a vida transformada em algum tempo, mas vai realmente ter que esperar algum tempo.

Isso inclusive vai explicar bastante sobre os meus momentos de muito sucesso e também sobre os momentos em que para a grande maioria parece que não estou indo bem, e olhando por alguns aspectos isso é verdade, mas por mais que alguns não entendam, em parte é proposital.

A chave do que vou falar é: “NÃO COMA TODAS AS SUAS SEMENTES”.
O ser humano tem o hábito de comer as sementes e acabar com a chance de aproveitar as frutas.

A grande maioria das pessoas tem o nocivo costume de acabar com o que pode gerar algo melhor no futuro.

Gastam 100% do dinheiro que ganham.

Desperdiçam 100% do tempo que têm.

Jogam no lixo 100% das oportunidades de aprendizado que aparecem.

Aprender a não comer todas as minhas sementes foi uma das melhores coisas que fiz na vida.

Sei que ao longo dela muitos acharam que eu deveria estar me divertindo, viajando, bebendo ou dançando.

Sim, talvez eu até devesse dançar mais, mas eu vou dizer o que eu faço nestas horas: cuido das sementes ou busco um método novo de cuidar delas, em vez de acabar com todas elas.

Sementes existem na vida de todos nós e aparecem todos os dias, no entanto as pessoas que agem como a maioria, simplesmente as devoram.

Elas podem aparecer na forma de tempo, na forma de dinheiro, na forma de oportunidades ou até na forma de pessoas. E o ponto é: não devore todas as suas sementes, separe várias delas para cuidar, para que você possa aproveitar os frutos, que são muito maiores e em maior quantidade, aproveitando ainda as novas sementes que surgirão a partir das primeiras.

Quantas noites eu deixei de aproveitar. Quantas viagens eu deixei de fazer.

E até mesmo quantas boas refeições eu deixei de ter.

Mas no fim estava preservando parte das sementes para cuidar de cada uma delas com carinho para vê-las crescer e ter noites ainda melhores, viagens para lugares ainda mais distantes e poder escolher como seria a próxima refeição.

Talvez você viva tão cercado de devoradores de sementes que não entenda nada do que está sendo escrito por aqui.

Talvez esteja tão habituado a devorar suas sementes que duvide que alguma delas surgiu alguma vez na sua frente.

Mas eu quero reforçar: se quer realmente ter sucesso na vida, guarde parte das sementes e aprenda a cuidar delas.

O que vai surgir disso vai te dar uma vida infinitamente superior à vida que você tem comendo sementes.

E vou te deixar duas dicas:
-Frutas são bem mais gostosas do que sementes.
-Esperar as primeiras nascerem pode ser dolorido, mas viver de sementes e nunca ver nenhuma se transformando em fruta deve ser ainda mais dolorido.

Muitas vidas são vividas com um eterno separar, cuidar e observar parte das sementes, colhendo frutos em seguida.

Outras são vividas mastigando lotes de sementes duras e reclamando da dureza.

Eu vejo pessoas devorando sementes todos os dias, as mesmas que reclamam que só outras pessoas são beneficiados com frutas.

Talvez você precise sim comer parte das suas sementes para viver, mas separe outras para cuidar. Vai valer a pena conhecer os frutos.

[Obs.: Não é em um texto de Blog escrito da cama que vou conseguir explicar tudo sobre cuidar das sementes, mas espero ter deixado alguma ideia, uma semente do que de errado pode ser deixado de ser feito e o que de certo pode ser feito no lugar. Torcendo por você. Bons frutos aos inteligentes e pacientes.]

Alessandro Gonçalves

Pin It on Pinterest

Share This