Escolha uma Página

18 Estatísticas Sobre Pequenas Empresas Que Podem Te Ajudar No Seu Negócio

Escrito por alessandrogon

28/04/2019

Advertorial

Não é segredo para ninguém que muitos pequenos negócios acabam quebrando em alguns anos, porém pense que muitos outros negócios não apenas duram, mas geram cada vez mais empregos, renda e riqueza, se tornando grandes negócios ao longo do tempo.

Uma grande empresa um dia foi um pequeno negócio!

Mas qual o motivo de muitos não darem certo? Vou falar sobre algumas estatísticas de empresas brasileiras e americanas, mostrando ainda alguns outros números que com certeza podem te ajudar a definir as suas estratégias, principalmente as digitais.

Para que analise, alguns números sobre negócios nos primeiros anos e sobre o mercado

  • 82% dos pequenos negócios quebram por falta de fluxo de caixa (VisualCapitalist, 2017)
  • 66% dos donos de pequenos negócios são, pessoalmente, responsáveis por três ou mais das seguintes áreas nos seus negócios: operação, financeiro, vendas, marketing, recursos humanos, atendimento ao cliente, desenvolvimento de produto, tecnologia (Salesforce, 2017)
  • Estudos mostram que entre 70 e 80% das pessoas pesquisam através da internet antes de visitar um pequeno negócio para comprar algo
  • Para 43% das pequenas e médias empresas, melhorar a experiência e a retenção do cliente é sua principal tarefa para alcançar o crescimento da receita
  • 30% dizem que acompanhar os avanços tecnológicos é uma das grandes preocupações dos proprietários de pequenas empresas
  • Atualmente 50% das pesquisas B2B são feitas em aparelhos de celular e esse percentual aumentará para 70% até 2020

3 de cada 4 usuários de aparelhos celular fazem antes uma busca pelo celular para as suas necessidades mais imediatas, antes de ir até um negócio físico (Google, 2017)

Veja alguns outros números sobre pequenas empresas, considerando o marketing digital

  • Quase 90% dos profissionais disseram que seus esforços de marketing social aumentaram a exposição dos seus negócios e 75% disseram que aumentaram o tráfego, a quantidade de pessoas visitando de alguma maneira o negócio (Vendasta, 2017)
  • Nos EUA, 25% das pequenas empresas investem em marketing digital (pense por outro lado e trazendo para o Brasil: se lá, 3/4 das pequenas ainda não investem em marketing digital, aqui acontece algo parecido, talvez com um número ainda menor, o que significa que há uma grande oportunidade para quem investe)
  • 26% dos negócios estão investindo em email marketing
  • 80% das pequenas empresas não investem em marketing de conteúdo e especialistas alertam que estão perdendo uma grande oportunidade de marketing (Clutch.co, 2018)
  • 93% das experiências online começam em um mecanismo de busca (Você está lá, com as respostas que as pessoas então buscando?)
  • 3 de cada 4 usuários de aparelhos celular fazem antes uma busca pelo celular para as suas necessidades mais imediatas, antes de ir até um negócio físico (Google, 2017)
  • 87% dos consumidores fazendo buscas por um celular usam um mecanismo de busca pelo menos uma vez por dia

Sobre websites de pequenas empresas

  • Nos EUA, perto de dois terços das empresas, 64%, tem um website no ar
  • 53% das visitas de websites em celulares são abandonadas se o site levar mais de 3 segundos para entrar Para cada um segundo a mais de demora, as conversões caem em 12% (Google, 2018)
  • 84% dos usuários abandonam uma compra se os dados estiverem sendo trafegados através de um site inseguro
  • 37% dos pequenos negócios nos EUA planejam aumentar seus investimentos em marketing nos próximos 12 meses
  • 47% dos proprietários de pequenos negócios cuidam do próprio marketing digital (LeadPages)

Enquanto isso, temos no Brasil alguns números parecidos, enquanto, ao mesmo tempo em que estamos atrasados em relação aos EUA em alguns quesitos, podemos dizer que, com exceção do Vale do Silício, estamos na frente na descoberta e no uso de algumas estratégias digitais.

No entanto, muitos dos nossos pequenos negócios não têm ainda acesso a estas estratégias, muitas vezes pela própria falta de tempo dos proprietários ou profissionais destes negócios. O fato principal é que é preciso pensar fortemente na seguinte questão: no que efetivamente vale colocar o seu tempo? Se há uma atividade ou um conhecimento que pode trazer mais receita, porque usar o tempo em outras atividades?

Obviamente a resposta nem sempre é fácil. Empresários estão absorvidos pelas rotinas diárias dentro dos seus negócios e falta gente para dar conta de tudo que é necessário. Agora, o que é realmente necessário? O que vai trazer recursos para contratar mais pessoas além de aumento de faturamento?

Esta é questão que todo empresário deve responder e se dedicar para encontrar a solução, mesmo que ela implique em algumas horas de sono a menos no começo, para pouco tempo depois, poder ter o poder de escolha sobre o que fazer com o próprio tempo, tendo recursos para que possa ter novos profissionais cuidando de atividades hoje contraídas pelos próprios gestores no negócio.

Pensando no negócio e trabalhando “o negócio”

Veja que mais importante do que você trabalhar no negócio é você trabalhar o negócio, inclusive para que ele funcione cada vez melhor sem a sua presença.

Nem sempre isso é uma tarefa fácil e depende de muitos ajustes e melhorias ao longo do tempo, além da criação de uma cultura, mesmo que você tenha poucas pessoas trabalhando com você, mas veja que isso inclusive isso é uma das coisas que vai fazer com que seu negócio valha cada vez mais para investidores que um dia podem querer colocar dinheiro na sua empresa, a independência do dono para que as coisas funcionem.

Se no pilar gestão, fazer com que as pessoas que trabalham com você tenham uma noção muito clara dos seus objetivos e de onde sua empresa deve estar daqui alguns anos, conhecendo bem a missão do seu negócio, ou seja, o que acordam para fazer todos os dias, no pilar aumento de lucratividade, você não deveria abrir mão dos recursos digitais, cada vez mais abundantes e eficazes, desde que você saiba o que fazer.

Você sempre tem escolhas e tem o poder de decisão nas suas mãos. Uma das formas de aprender sobre marketing digital, enquanto também aprende sobre o que leva negócios aos crescimento, é através de um grupo fechado que mantenho, um grupo online chamado Grupo Spark, voltado a gestores de pequenas e médias empresas, além de clubes de futebol (ambiente em que trabalhei por muitos anos).

Além de novos conhecimentos, você tem orientação e acompanhamento para que saiba o que pode fazer no seu momento para melhorar os seus negócios. A ênfase é no marketing digital, porém você terá acesso a um conhecimento amplo, para te ajudar a crescer enquanto passa a ter mais tempo para o que realmente importa. Aproveite a semana em que novas aplicações e inscrições estão sendo aceitas e clique aqui para saber mais agora.

 

Trabalhe o negócio em vez de trabalhar no negócio!

Enquanto muitos empresários se dedicam exaustivamente aos seus próprios negócios, outros trabalham menos e com melhores resultados. Onde está o segredo disso? Não há segredo, há também muito trabalho e dedicação, no entanto é preciso perceber que trabalho direcionado a resolver problemas do dia a dia e trabalho direcionado e FOCADO no crescimento do negócio são coisas diferentes. Mas não existe FOCO com dispersão. Onde você mais coloca a sua energia atualmente?

Artigos Relacionados

Pensou nisso para definir o preço de venda do seu produto?

Dica para você que tem UM produto pelo menos para vender: Você pode ter uma loja online de um produto só, sem problema algum (e há até vantagens nisso). Independentemente de onde você está, não se importe com o preço do frete. Se fizer chegar para quem paga, está...

Faça mais negócios distribuindo bem seu conteúdo

No vídeo abaixo e no texto de hoje eu falo sobre uma maneira de distribuir seu conteúdo de uma maneira inteligente, para que ao mesmo tempo, ajude muito mais pessoas e tenha mais gente querendo seus produtos ou serviços ao longo do tempo. Na prática, falo sobre como...

Os 3 Tipos de Públicos Para Anunciar no Facebook Ads

Algo muito importante que muita gente que vai anunciar no Facebook ou Instagram não dá atenção: existem 3 tipos de públicos! Base Lookalike (Público Semelhante) Público de interesse A maioria das pessoas fica usando apenas o público número 3, o que normalmente gera...

Mantenha-se Atualizado Com Os Últimos Conteúdos e Ideias

Acesse o Conteúdo Premium

Tenha acesso ao grupo premium. Melhores conteúdos, direcionamento mais específico, encontros online e um grupo de pessoas que podem te ajudar a gerar mais negócios.

Receba ótimos conteúdos no e-mail

Cadastre-se e receba conteúdo exclusivo

Siga-me

Acompanhe algumas das minhas redes sociais

Pin It on Pinterest

Share This