ALESSANDRO GONÇALVES

Coach Empresarial Para Clubes de Futebol e Negócios do Esporte

Um trabalho voltado ao desenvolvimento de líderes dentro de clubes e organizações do esporte

Expanda a capacidade de líderes e gestores do esporte

Expanda a capacidade dos líderes da sua organização, para que alcancem metas e resultados cada vez maiores, mantendo o bom relacionamento com o restante da equipe e integrantes de outros departamentos e diretorias

Programa de Orientação Para Definição e Execução de Estratégias Digitais

Orientação e direcionamento para melhorar negócios utilizando estratégias digitais

Executive Coaching

Voltado ao desenvolvimento de habilidades e competências do gestor esportivo, para que possa alcançar melhores resultados com menos esforço

Business Coaching

Ajudar o gestor do negócio do esporte a identificar as melhores soluções para o seu negócio, seu clube ou seu departamento de futebol

:

Direcionamento

Para gestores que querem melhorar resultados, bater metas, alcançar objetivos, desenvolver habilidades e competências para assumir novos cargos ou gerir equipes cada vez maiores

Criação de Valor

Apoio na identificação de oportunidades para agregar valor ao time, ao clube e ao negócio

O que Business Coaching pode trazer para um clube?

Se o trabalho for feito com quem realmente conhece e tem experiência em ambientes de clubes, é um trabalho que traz organização, melhores processos, comunicação mais eficaz, melhores equipes de trabalho, transparência e mais do que isso, geração de valor para o negócio, aumentando a atratividade para patrocinadores e investidores, além do aumento real das chances de sucesso dentro e fora de campo.

Para quem serve este trabalho?

Para negócios ligados ao esporte que queiram efetivamente ser vistos como organizações sérias e desejadas, pelos melhores atletas, profissionais, patrocinadores e investidores. Passar a ser quem atrai os melhores muda toda a história de uma organização.

Como é o processo de Coaching?

O coaching acontece através de encontros semanais ou quinzenais de aproximadamente uma hora, presenciais ou online, em que há uma conversa focada e totalmente direcionada a colocar o cliente, que é chamado de coachee, a descobrir os melhores caminhos, levando-o a entrar em ação e avançar sempre, de forma a terminar o processo de coaching com a meta alcançada

1. O que é o Coaching Executivo?

O coaching executivo é um processo de desenvolvimento de líderes, vivencial e individualizado, que expande a capacidade deles em concretizar a estratégia e alcançar metas organizacionais de curto e longo prazo. É conduzido através de interações um-a-um, orientado a partir de dados provenientes de múltiplas perspectivas, basendo-se na confiança e respeito mútuos entre o coach e o coachee.

A organização, o executivo, e o coach trabalham através de um elo de relacionamento para alcançar o máximo de impacto nos resultados.

2. Coaching Executivo é diferente de Coaching de Vida?

É importante esclarecer que existe o coaching de vida e o coaching de negócios. Por aqui estou falando de coaching de negócios, que se divide ainda em Business Coaching e Executive Coaching. O Business Coaching é totalmente voltado ao negócio, enquanto o Executive Coaching é voltado ao desenvolvimento de competências e habilidades do executivo, do gestor, de olho nas metas do negócio.

3. No que coaching é diferente de consultoria?

Enquanto a consultoria traz uma solução pronta, o coaching auxilia o cliente a encontrar as melhores soluções, baseadas na sua realidade, no seu momento e no momento de vida do próprio cliente.

4. Vale mesmo a pena um processo de coaching?

O que eu te recomendo é: defina uma meta que faça valer a pena. Quanto vale ter a vida que você sonhou? Quanto vale alcançar um novo cargo? Quanto vale recuperar um relacionamento? Veja que para muitas coisas, não há dinheiro que pague. Defina bem o seu objetivo, e você mesmo pode concluir se valerá ou não a pena.

Quem Sou Eu

Em 1996 cheguei ao Sport Club Corinthians Paulista, sem conhecer nada de futebol e com uma carreira voltada ao desenvolvimento de softwares e organização de informações em empresas de serviços e indústrias.

Ao longo dos meus primeiros anos de Corinthians, durante o meu trabalho, que envolvia principalmente organizar e estruturar o que eu podia dentro do Departamento de Futebol Profissional, incluindo informações sobre treinos, jogos, recuperação de atletas, contratos, condutas médicas, finanças, além da comunicação e do suporte direto à diretoria e comissão técnica, percebi que algo faltava na administração e gestão de um clube, algo que eu ainda não conhecia, porém comecei a pesquisar e estudar o assunto, colocando em prática o que eu podia dentro dos meus trabalhos no futebol.

Com o passar dos anos e com o meu avanço no conhecimento adquirido sobre modelos e boas práticas de gestão e negócios no esporte, comecei a assumir novos cargos no futebol, passando pela gerência administrativa do Santo André Gestão Empresarial Administrativa Ltda, a empresa que administrava o futebol do Santo André em um dos melhores momento da história do clube, voltando em seguida para o Corinthians, dessa vez para o Departamento de Marketing, após um período em que fui buscar especializações em Gerenciamento de Projetos, de olho no que não era feito em clubes pelo Brasil, e na prática ainda não é até hoje na maioria deles.

Depois de alguns anos trabalhando em projetos envolvendo inovação e tecnologia dentro do marketing do clube, aceitei o convite para assumir a Superintendência de Tecnologia da Informação no próprio Corinthians, liderando um trabalho que tinha uma meta clara, a de transformar um departamento de TI tradicional de um clube em um departamento que deixava de ter o foco na tecnologia e suporte para passar a focar nos negócios, nas pessoas e na melhoria de processos, criando um novo time e uma forma de trabalho, com ênfase na distribuição de conhecimento e aumento da eficácia dos processos, com projetos envolvendo diversos departamentos e unidades de negócios, inclusive a construção da Arena Corinthians.

No final de 2015, após liderar o projeto de implantação do novo ERP do clube, o Protheus da TOTVS, tomei a decisão de deixar o futebol para me dedicar à educação online, à consultoria, em projetos envolvendo estratégias de marketing digital e ao coaching, apoiando profissionais para que pudessem melhorar seus comportamentos e habilidades.

Três anos depois, com projetos envolvendo o futebol sempre batendo à porta, decidi retomar meus trabalhos no futebol, usando toda a experiência que obtive em 20 anos dentro de clubes, mais de metade deles dentro de departamentos de futebol profissional, somados à experiência dos últimos anos orientando profissionais e donos de negócios, para apoiar gestores esportivos e liderar uma transformação que acredito que só ocorrerá quando transformarmos as mentes e a forma de trabalho dos que lideram as decisões dentro do futebol brasileiro.

Este é um trabalho sem volta, para que possamos ver um futebol completamente remodelado em alguns anos. Sem espaço para amadorismo, sem espaço para pilantragem. Entendi que o futebol pode levar à população do Brasil uma mensagem que eu demoraria 500 anos para levar sozinho. E será através dele que será levada a mensagem de trabalho sério, duro, honesto e com significado, por um bem maior. E os clubes ganharão no meio disso tudo. 

Espero que você esteja no mesmo barco, pois o outro vai afundar. Um abraço e te espero para o trabalho!

Alessandro Gonçalves

Bacharel em Ciência da Computação, Pós Graduado em Administração e Marketing Esportivo, Especialista em Modelos de Excelência da Gestão, MBA/MIT Master in Information Technology, MBA em Gestão Estratégica e Econômica de Projetos, Treinador da CBF Academy, Practitioner em PNL, Life Coach, Coach Empresarial, e Palestrante.

Depoimentos

“Sou prova da capacidade e esforço deste profissional que ajudou muito e poucos talvez saibam ou valorizem o “Negócio Futebol ” com ele tivemos controles, economias e o mais importante Resultado!! Parabéns Alessandro Gonçalves.”

Cilson Fischer

“Quando eu cheguei no Corinthians, o que vi do trabalho do Alessandro foi algo que eu nunca tinha visto em clube nenhum!”

Fernando Leão

Preparador Físico do Futebol Profissional, Sport Club Corinthians Paulista

“O Alessandro é uma grande referência que eu tive na minha vida profissional e pessoal… Além da visão diferenciada, sempre esteve muitos passos à frente, inovando, buscando, criando soluções… um cara de planejamento, de desenvolvimento de ideias como nenhum outro! No lado pessoal sempre foi uma referência na conduta, na forma de fazer as coisas. Foi um grande espelho que eu tive, no comportamento, na forma de trabalhar, sempre voltado para a excelência, nunca conformado com o que já existe, sempre disposto a buscar novas soluções. Com ele aprendi que fazer bem feito dá o mesmo trabalho de fazer mal feito e entendi que para tudo que fosse fazer, deveria buscar fazer da melhor forma possível.”

Fernando Lázaro

CBF

“O Alessandro foi uma das pessoas mais dinâmicas e criativas que conheci no meu tempo de futebol. Além de se relacionar bem com todo mundo, ele se destacou na utilização de tecnologia para modernizar o departamento de futebol no Corinthians.”

John Alampi

Diretor Financeiro Corporativo, Warner Bros South Inc Brasil, Corinthians Licenciamentos, uma empresa do Grupo Hicks, Muse, Tate & Furst

“O trabalho feito em parceria com o Alessandro, pessoa a quem devo muita gratidão e respeito, foi fantástico!.”

Queli Rodrigues

“Em minha trajetória profissional conheci poucas pessoas com a capacidade de planejamento como o Alessandro. O sistema criado para o futebol profissional colocou o departamento em outro patamar, colhendo informações importantíssimas para o desenvolvimento da área. Já no Departamento de Marketing, ajudou demais na organização das informações e nas estratégias a serem adotadas no médio e longo e longo prazo, incluindo projetos importantes que seriam implantados na Arena Corinthians.”

Caio Campos

Gerente de Marketing, Sport Club Corinthians Paulista

Um clube estar 30 anos atrasado em relação a uma boa empresa é uma coisa. Continuar atrasado é outra. Só não pode querer estar no século passado e querer investimentos do próximo.

Como te ajudo?

 

Pin It on Pinterest

Share This